Conheça a Imprensa Nacional

Estratégia e Principais Objectivos

 

Saiba mais sobre o Plano Estratégico da Imprensa Nacional

 

 

Estratégia de Mercado
A Imprensa Nacional – E.P. optou pela Liderança no Custo, onde todas as condições patenteadas tendem a alcançar e sustentar a liderança no custo total, não só pelas condicionantes que o próprio mercado se apresta a demonstrá-lo, como também e sobretudo, pela necessidade do alinhamento da estratégia à visão e missão da IN.

Torna-se prudente reconhecer, que a escolha desta estratégia competitiva não subestima a obtenção da paridade ou da proximidade, com base na diferenciação relativa aos demais concorrentes. O objectivo da Imprensa Nacional é, para suportar a sua visão, tornar-se num competidor acima da média, muito embora conte com liderança no custo para sua vantagem competitiva.

Principais Objectivos estratégicos para o quadriénio 2011 - 2015:

  • Regularização do processo de produção do Diário da República nas 3 Séries;
    Em curso
  • Inauguração da Fábrica de Livros em 2013, para a produção de 10 milhões de livros escolares;
    Concurso público na sua fase terminal
  • Alargamento das Lojas da Imprensa Nacional a todas as províncias do país;
    Em curso
  • Aumento da produção de documentos de alta segurança;
    Em curso através da aquisição dos Equipamentos apropriados
  • Digitalização do Diário da República;
    Concluída
  • Implementação da nova imagem e Layout das Lojas.
    Em curso
  • Criação de um Data Center dedicado
    Concluído
  • Criação de um portal da Imprensa Nacional
    Concluído
  • Criação de um centro de pesquisa de dados sobre a empresa
    Concluído
  • Modernizar as técnicas de produção do Diário da República
    Concluído
  • Aprovação de um novo logótipo para a Imprensa Nacional
    Concluído
  • Criação de uma nova imagem e layout das Lojas
    Em fase de implementação

 

Ao serviço do Estado Democrático de Direito
A Imprensa Nacional concluirá grande parte do seu processo de reestruturação e modernização, no âmbito deste Plano Estratégico, ainda no decurso de 2012, fazendo “jus” aos objectivos predefinidos, que assim serão plenamente atingidos, e tornando possível, o cumprimento cabal da missão que lhe incumbe, na construção do Estado Democrático e de Direito, no contexto do novo ordenamento constitucional.

Uma Referência na Indústria Gráfica Nacional